Como encriptar seu iPhone

Se você possui um iPhone 3GS ou mais recente, um iPod touch de 3ª geração ou mais recente ou qualquer iPad, você pode proteger o conteúdo do seu dispositivo utilizando a criptografia. Isso significa que se alguém conseguir acessar fisicamente o seu dispositivo, precisará também da sua senha para descriptografar o que está armazenado nele, incluindo os contatos, mensagens instantâneas ou de texto, registros de ligações ou de e-mails.

Na realidade, a maioria dos dispositivos da Apple encripta seus conteúdos como padrão, com vários níveis de proteção. Porém, para proteger-se de alguém que tente obter seus dados pelo furto físico do seu dispositivo, você necessita ligar a encriptação a uma passphrase ou código que somente você saiba.

Em dispositivos rodando iOS 4-iOS 7, você pode fazer isso acessando General Settings, e selecionando Passcode (ou iTouch & Passcode). Para o iOS 8-9, o Passcode (ou “TouchID & Passcode”) tem sua própria seção no aplicativo Configurações. Siga os passos para criar um passcode. Você deve configurar a opção “Require passcode” para “Imediatamente”, para que seu dispositivo não seja desbloqueado quando você não o estiver utilizando. Bloqueie o “Simple Passcode” para poder utilizar um código com mais de 4 dígitos.

Se você escolhe uma senha totalmente numérica, você ainda terá um teclado numérico na tela quando tentar desbloquear seu telefone, o que pode ser mais fácil do que digitar um conjunto de letras e símbolos em um estreito teclado virtual. Ainda assim você deve manter sua senha longa, mesmo que o hardware da Apple seja projetado para desacelerar ferramentas de quebra de senha. Tente criar uma senha com mais de 6 dígitos.

Uma vez configurada a senha, role a tela para o rodapé da página Passcode settings. Você verá uma mensagem que diz “Data protection enabled”. Isto significa que a encriptação do dispositivo está vinculada à sua senha, e que a maioria dos dados do seu telefone precisará daquele código para desbloqueio.

How to Encrypt Your iPhone 1

Abaixo seguem outras funções do iOS que você pode pensar em utilizar caso lide com dados privados: Anchor link

  • iTunes possui a opção de backup do seu dispositivo ao seu computador. Caso escolha a opção “Encriptar backup” na aba “Summary” do seu dispositivo em iTunes, o iTunes fará o backup de mais informações confidenciais (como senha de Wifi e e-mail), porém encriptará tudo antes de salvar no seu computador. Esteja certo de manter a senha que utiliza aqui segura: restaurar do backup é um evento raro, porém excepcionalmente doloroso se você não lembra a senha para desbloquear o backup em uma emergência.
  • Se você faz o backup do Apple iCloud, deve utilizar uma passphrase longa para proteger os dados, e manter a passphrase salva. Enquanto a Apple encripta a maioria dos dados em seus backups, pode ser possível à companhia obter acesso a fins policiais uma vez que a Apple também controla as chaves utilizadas para a encriptação do iCloud.
  • Se você ativa a proteção de dados descrita acima, você também poderá deletar os dados no seu dispositivo de forma rápida e segura. Nas configurações de senha, você pode configurar seu dispositivo para limpar todos os dados após dez tentativas fracassadas de advinhar a senha.
  • De acordo com o “Apple’s old Law Enforcement Guide”, “a Apple pode extrair certas categorias de dados ativos de dispositivos iOS bloqueados com senha. Especificamente, os arquivos ativos gerados pelo usuário contidos nos apps nativos da Appe e para os quais os dados não são encriptados utilizando senha (“user generated active files”), podem ser extraídos e fornecidos às autoridades legais em mídia externa. A Apple pode realizar este processo de extração de dados em dispositivos iOS rodando iOS 4 ou versões mais recentes de iOS. Por favor note que as únicas categorias de arquivos gerados por usuário que podem ser entregues às autoridades legais, mediante mandado de busca válido, são: SMS, fotos, vídeos, contatos, gravação de áudio e histórico de ligações. Apple não pode fornecer: e-mail, entradas de calendário, nem dados de aplicativos terceiros”.

As informações acima aplicam-se apenas aos dispositivos iOS que estão executando versões do iOS anteriores à 8.0.

  • Hoje, a Apple estabelece que “Em dispositivos rodando iOS 8 e versões superiores, seus dados pessoais são armazenados sob a proteção da sua senha. Para todos os dispositivos rodando iOS 8 e versões mais atuais, a Apple não fará extração de dados iOS em resposta a mandados de busca do governo porque os arquivos extraíveis são protegidos por uma chave de encriptação vinculada à senha do usuário, a qual a Apple não possui."

LEMBRE-SE: Enquanto a Apple será incapaz de extrair dados diretamente do seu telefone, caso o dispositivo esteja configurado para sincronizar com o iCloud ou fazer backup com um computador, muitos desses mesmos dados serão acessíveis às autoridades legais. Sob a maioria das circunstâncias, a encriptação iOS somente será efetiva quando um dispositivo for totalmente desligado (ou recém-reinicializado, sem estar desbloqueado). Alguns agressores podem ser capazes de extrair dados valiosos da memória do seu dispositivo quando estiver ligado. (Eles podem ainda ser capazes de extrair os dados quando tiver acabado de ser desligado). Tenha isso em mente e, se possível, esteja certo de que seu dispositivo está desligado (ou reiniciado e não desbloqueado) caso acredite que possui probabilidade de ser apreendido ou furtado.

  • Caso você esteja preocupado com a perda ou roubo do seu dispositivo, você pode ainda configurar seu dispositivo Apple para ser formatado remotamente, utilizando a função “Find My iPhone”. Note que isso permitirá à Apple localizar remotamente o seu dispositivo a qualquer momento. Você deve mensurar os benefícios de deletar dados caso perca o controle do seu dispositivo, sob o risco de revelar sua posição. (Telefones celulares transmitem essa informação a companhias telefônicas por rotina; dispositivos WiFi como iPads e o iPod Touch não o fazem).
Last reviewed: 
2016-04-28
A versão em Inglês pode estar mais atualizada.
JavaScript license information