Itens a considerar ao cruzar a fronteira dos EUA

Está planejando cruzar em breve a fronteira para os Estados Unidos? Você sabia que o governo norte-americano, como parte do seu poder tradicional para controlar a entrada de mercadorias no país, pode revistar, sem ter um mandado, os viajantes na fronteira, inclusive quando eles chegam aos aeroportos internacionais? (Observe que, embora existam praticamente as mesmas justificativas legais para revistar as pessoas que deixam os EUA e que estas revistas são possíveis, rotineiramente os viajantes não são revistados ao saírem do país.)

Para um tratamento mais detalhado sobre este assunto, consulte o guia da EFF, Defesa de Privacidade nas Fronteiras dos Estados Unidos.

Enquanto isso, aqui estão algumas coisas para ter em mente ao atravessar a fronteira dos EUA: Anchor link

  • Você fez backup dos seus dispositivos? Isto pode ajudá-lo, caso um ou mais de seus dispositivos sejam confiscados. Você pode utilizar um serviço de backup on-line ou um disco rígido externo, apesar de não ser recomendado que carregue o seu laptop e o seu disco rígido de backup juntos.

  • Você precisa carregar tantos dados assim? Sugerimos que minimize a quantidade de dados que carrega ao atravessar a fronteira. Considere viajar com um laptop “limpo” e observe que o simples arrastar de arquivos para a sua lixeira não os excluirá totalmente. Certifique-se de excluir seus arquivos de modo seguro.

  • Os seus dispositivos estão criptografados? Recomendamos que faça a criptografia de disco completo em seus dispositivos (laptop, telefone celular, etc.) e escolha frases-chaves seguras. Se um agente da fronteira solicitar a sua frase-chave, você não precisa obedecê-lo. Apenas um juiz pode pressioná-lo a revelar esta informação. Entretanto, a recusa pode trazer algumas consequências, tais como: para o não cidadão, ser negada a entrada no país; já para o cidadão, até a polícia da fronteira decidir o que fará, pode ocorrer a detenção, o que inclui a possibilidade do confisco do seu computador, telefone, câmera, pendrive USB, etc.

  • Ao entrar em um novo país, considere comprar um telefone provisório e transferir o seu SIM card para ele ou comprar um novo número. Este aparelho conterá muito menos dados do que o seu telefone normal.

  • Quando estiver com os guardas da fronteira, lembre-se destas três coisas: seja cortês, não minta e não interfira fisicamente na revista de um agente.

Last reviewed: 
2014-10-18
A versão em Inglês pode estar mais atualizada.
JavaScript license information